Quem fiscaliza o Poder Judiciário?

(Um Doce para quem acertar) :D

         poder-judiciarioQuem deveria  fiscalizar (Controle  Interno), na verdade são as corregedorias, mas elas nunca resolvem nada, {Diga-se de passagem}. Alem do que existe hoje uma certa “briga” com relação a se implantar um Controle Externo, apesar de saberem da importancia, porque afinal, quem fiscaliza os juízes, senão eles próprios? 

               Parece até que o judiciário do Brasil está acima do bem e do mal, ninguém os fiscaliza ou pune, quer dizer, o Poder Executivo consegue controlá-los de certa forma (oferecendo contínuos aumentos de salários – óooh)

               De qualquer forma, o Executivo e o Legislativo “são fiscalizados pelo voto da população”, em contrapartida o Judiciário já não (diretamente – pq “o povo pode tudo”) pois a eleição de um juiz, por exemplo, não seria benéfica, ConvenhamOs Meu Bem que política não combina com Justiça e o magistrado, perderia sua independência para julgar, já que estaria amarrado politicamente.

         Não existe ainda um controle da administração do Judiciário Externa, muitos querem que as pessoas escolhidas do povo julguem, decidam. Aí a briga, porque os advogados da OAB afirmam que pessoas de fora, que não conhecem nada do Judiciário, não entendem como ele funciona e por isso não devem querer fiscaliza-lo, quem deveria fazer seria um grupo de advogados escolhidos a dedo (a dedo mesmo).

        E enquanto não decidem nada de nada, as corregedorias vão enrrolando, já que o povo, que esta acima de tudo é o que menos questiona, só fala, fala e fala.

E para você, quem deveria fiscalizar o Controle Externo do Judiciário: Algumas pessoas retiradas do povo, ou os advogados escolhidos pela OAB Brasil?

Ingrid Silva,
Divinal Gris.

About these ads

6 Respostas

  1. PARECE-ME QUE O PODER JUDICIÁRIO NO BRASIL É INCONTROLAVEL.

  2. Oi, Ingrid. Seu post me lembrou Watchmen. A frase célebre: “Mas quem vigia os vigilantes?”

    No caso do Judiciário é bem parecido com a história, pois eles também tem um poder acima de tudo e todos.
    Enfim, creio que a melhor solução seria uma espécie de comissão mista, sendo que os advogados que ali estivessem teriam que ser totalmente desvinculados das pessoas que compõem o Judiciário.

    Beijo
    .

    http://solucomental.blogspot.com
    http://ladobdiscotrash.blogspot.com

  3. Amigo,
    Não achei o lugar dos seguidores, por isso deixo um comentário!
    Seu blog é pertinente e amplo nas ambições, o que é ótimo!
    Esse assunto do Judiciário é urgente. Acho que estamo numa ditadura judicialesca.

  4. Caraca…acho que talvez o Clodovil, mas ele já está fora da briga pelo poder…sei não…. Tá bom, meu voto vai pra Maisa do Silvio Santos!rsrsrs

    Sério: muito bom mesmo. gostei. Eu morria e não sabia dessa treta toda aí…eu(no alge da minha existencia leiga) escolheria o povo.

    Se pensarmos bem, nem adiantaria submeter essa escolha aos advogados por “zelo à sobriedade da decisão”, pq é fato que haveriam manobras de interesses extremas. E, se o “povão” pode interferir nos outros poderes (executivo e legislativo), pq não no judiciário tbm?! Eles não são os Deuses do Olimpo, não!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: